segunda-feira, 11 de julho de 2011

Melhores do 1° semestre


O UFC anunciou hoje em seu site oficial (ufc.com) as cinco melhores lutas do primeiro semestre de 2011.

O Brasil está representado entre as cincos lutas em duas oportunidades, Edson Barboza no UFC 128 e Fábio Maldonado no TUF 13 Finale. Veja a lista das lutas que o UFC escolheu como as melhores do ano, até o momento:

5° Lugar - Edson Barboza Junior x Anthony Nijokuani - Peso Leve

Válido pelo card preliminar do UFC 128, o combate foi premiado com o bônus de Luta da Noite naquela ocasião. Por isso, ambos os lutadores embolsaram mais US$ 70 mil.

Nele, o brasileiro mostrou um Muay Thai afiado, conectando um belíssimo chute alto rodado no finalzinho do 3° round, acertando o rosto do nigeriano em cheio, e venceu o duelo por decisão unânime. 

UFC 128: Barboza bs. Njokuani
Edson e o belíssimo chute alto rodado

4° Lugar - Kyle Kingsbury x Fabio Maldonado - Peso Meio-Pesado

 Muita trocação marcou o duelo entre EUA x Brasil no card principal do TUF 13 Finale. A Luta da Noite do evento, fez os lutadores embolsarem mais US$ 40 mil de bônus.

No duelo, o americano começou melhor e levou os dois primeiros rounds. No último round, o gás de Kingsbury acabou e o brasileiro cresceu no combate. No fim, a vitória por decisão unânime do americano foi justa. Potentes combinações de soco e joelhadas foram os golpes que encantaram Dana White, que pelo Twitter, ao fim do combate, elogiou ambos os lutadores dizendo que fizeram uma luta espetacular.

The Ultimate Fighter Season 13 Finale: Kingsbury vs. Maldonado
Maldonado e Kingsbury agradecem o público ao final do excelente duelo

3° Lugar - Diego Sanchez x Martin Kampmann - Peso Meio-Médio

O Main Event do UFC Live 3 foi realmente espetacular. Diego Sanchez e Martin Kampmann fizeram um duelo de três rounds, mas que poderia ser de cinco ou mais, devido ao preparo físico de ambos e pela qualidade do combate. Premiada com o bônus de Luta da Noite do evento, os lutadores embolsaram mais US$ 40 mil como bônus.

O bicho pegou dentro do octógono! Kampmann iniciou melhor o combate, batendo firme no americano e vencendo o 1°round. Já bastante avariado, Sanchez voltou para o 2° round determinado a virar o duelo. E virou. Com uma raça sensacional, o vencedor do TUF 1 passou a dominar o duelo a partir do 2° round, com boas entradas de seu pesado jeb/direto. Lutadores com o rosto amaçado no anúncio do vencedor é certeza de que o duelo foi fantástico. Assim, Diego Sanchez ouviu a sua vitória por decisão unânime e teve o braço erguido por Herb Dean.

Diego Sanchez vs Martin Kampmann
Kampmann e Sanchez no espetacular duelo do UFC Live 3

2° Lugar - Dominick Cruz x Urijah Faber - Peso Galo

A recente disputa pelo cinturão dos Galos foi incrível. O campeão, Dominick Cruz, estreou no UFC encarando o queridinho norte-americano, Urijah Faber, no Main Event do UFC 132. No evento do último dia 2, o duelo foi premiado com o bônus de Luta da Noite e os lutadores embolsaram US$ 75 mil.

Golpes regulares de Cruz contra os potentes golpes de Faber marcaram o dinâmico duelo. Dominick Cruz começou melhor o combate, com sua movimentação única no MMA. Assim, o campeão anulou o jogo agarrado do desafiante por dois rounds. No 3° round, Faber encontrou a distância ideal para Cruz e começou a soltar seus golpes. Faber equilibrou as ações, mas no fim, deu Cruz pro decisão unânime. 

Cinturão garantido e vaga entre as melhores lutas de 2011 também.

Cruz foi mais ativo no incrível duelo

1° Lugar - Frank Edgar x Gray Maynard - Peso Leve

Primeiro dia do ano e primeiro lugar garantido nas melhores lutas do semestre. O campeão, Frank Edgar, defendia pela segunda vez seu cinturão, desta vez contra o seu algoz, Gray Maynard, no Main Event do UFC 125. Lutaça e prêmio de Luta da Noite garantido, fazendo os lutadores embolsarem mais US$ 60 mil com o bônus.

O empate no fim era o resultado menos esperado por todos, já que o combate ficou por diversas vezes a ponto de ser decidido por nocaute. Maynard bateu demais no campeão no 1° round, conseguindo dois knockdowns no round. Porém, Edgar demostrou que não é campeão à toa e voltou novo para o 2° round. Nele, o bicho pegou e Edgar levou a melhor. O equilíbrio foi total nos últimos rounds, levando os juízes laterais a chegarem à um empate justo no fim.

O tira-teima entre os dois deve rolar no UFC 136, dia 8 de outubro em Houston, EUA. É nova promessa de luta espetacular.

UFC 125: Edgar vs. Maynard
Edgar e Maynard se pegam no UFC 125

2 comentários:

  1. Acho q ta certo, mas faltou Aldo vs Hominick

    ResponderExcluir
  2. aCHO Q A LUTA DO ALDO vs HOMINICK ERA P ESTAR NO MEIO DESSAS...

    ResponderExcluir